Governo de Rondônia
Domingo, 17 de dezembro de 2017

Agenda Integrada de Resultados – AGIR

Governo do Estado de Rondônia

AGIR é uma instância de acompanhamento presencial dos resultados dos Programas Estruturantes e dos Projetos Prioritários.

É um momento oportuno à cobrança do alcance das metas previstas em cada Projeto Prioritário, na presença do Governador do Estado e Secretários, a fim de compartilhar informações e discutir soluções.

 

Objetivos

  • Identificar eventuais gargalos de processos que possam impactar nos resultados;
  • Focar na resolução de problemas críticos;
  • Subsidiar o Governador e Secretários na tomada de decisão.

 

Funcionamento

A AGIR é realizada por meio de Reuniões de Monitoramento presenciais – com a participação do Governador do Estado, Secretários de Estado, gerentes e técnicos dos Projetos Prioritários. Isto é,  nesta oportunidade são envolvidos todos os responsáveis.

As reuniões de monitoramento ocorrem uma ou duas vezes por mês geralmente as quartas-feiras, das 14h30 às 17h30. São contempladas, em média, cinco secretarias por agenda. As pautas são objetivas e dinâmicas, são considerados apenas os pontos críticos das ações em curso e apresentados as principais observações em prol da execução das atividades.

Antes de cada reunião de monitoramento da AGIR, a equipe do EGPP se reúne para informar a Superintendente da SEAE, por meio dos relatórios preparatórios, quais são os gargalos daquele projeto, ou quais pontos precisam ser tratados durante a reunião.

A mediação das reuniões é feita pelo EGPP, que demonstra o status geral do projeto, no próprio Sistema de Gerenciamento (SGPP), projetado em tela na sala de reunião. Em seguida, os gerentes da Secretaria responsável apresentam os devidos esclarecimentos e o Governador orienta os encaminhamentos.

Durante as reuniões, uma ATA é redigida e exposta em tela paralela, contendo apenas os encaminhamentos, elaborada por meio do campo “módulo ATA” do SGPP. Estes encaminhamentos são acompanhados pela equipe do EGPP, de modo que as reuniões de assessoramento são menos formais e mais interativas.


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube