Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

DESENVOLVIMENTO

Sebrae apresenta programa para ampliar a produção leiteira em Rondônia

11 de novembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

reuniao_sebrae_10_11_foto-109

Proposta foi apresentada em reunião nesta quinta, em Brasília

Técnicos do Sebrae de Rondônia apresentaram nessa quinta-feira (10), na sede nacional da instituição em Brasília, ao governador Confúcio Moura, ao vice Daniel Pereira, ao presidente da Federação das Industrias de Rondônia (Fiero), Marcelo Tomé e ao superintendente de Desenvolvimento do Estado (Suder), Basílio Rodrigues, o programa LeiteRO que será lançado em janeiro com o propósito de alavancar a qualidade e a produção leiteira no Estado.

O programa terá um custo de aproximadamente R$ 28 milhões  para ser executado em 60 meses e terá investimento em tecnologia com  a proposta de fortalecer a cadeia produtiva, a gestão da qualidade, focando no aperfeiçoamento profissional e gerencial dos produtores, visando a ampliação e acesso a novos mercados de forma sustentável.

Jaru, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Nova Mamoré, Urupá, Cacoal, Governador Jorge Teixeira, Espigão do Oeste, São Miguel do Guaporé, Rolim de Moura e Machadinho do Oeste, são os municípios que abrangem o programa, que terá a parceria de técnicos da Emater, Sebrae, Senar, Seagri, Fiero, Unir, Ifro, Fetagro, laticínios, produtores rurais e prefeituras.

Na apresentação do LeiteRO, o diretor técnico do Sebrae, Samuel Silva,  destacou que o programa irá fazer diferença em desenvolvimento da cadeia produtiva por meio do desenvolvimento da gestão dos produtores e vai levar inovação e tecnologia para que Rondônia possa aumentar a sua produtividade.

O governador Confúcio Moura enfatizou que Rondônia, infelizmente, ainda produz pouco leite. Segundo ele, cerca de 60% os lacticínios do Estado está com a capacidade ociosa. “Isso pra nos não é bom. Se nos queremos industria, como é que vou atrair mais laticínios para Rondônia se nossos laticínios existentes, e muito bem equipados, estão sem a matéria prima”, explicou.

O vice-governador elogiou a palestra e destacou que o grande desafio para o Estado é industrializar, e o setor de laticínio já está, basta agora fomentar a produção. “O projeto vem ao encontro dessa necessidade, e não é nada que a gente não consiga atender, uma vez que é só otimizar aquilo, as próprias áreas que já estamos produzindo”, disse Daniel Pereira.

Participaram ainda da apresentação, os gerentes titular e adjunto  da unidade de atendimento setorial agronegócios  do Sebrae Nacional, Augusto Togni de Almeida e Gustavo Reis, respectivamente; o superintendente do  Sebrae-RO, Valdemar Camata; o Analista técnico do Sebrae-RO;  João Machado; o diretor Administrativo Financeiro  do Sebrae Rondônia, Carlos Berti; a superintende de Integração do Estado de Rondônia em Brasília (Sibra), Elizete Lionel; e a coordenadora  de aquicultura e pesca do Sebrae Nacional, Newman Costa.

Leia mais:
Plano Estadual e Revitalização do Leite prevê fortalecimento da cadeia produtiva em Rondônia


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zózimo Macedo
Fotos: Alex Nunes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Capacitação, Economia, Indústria, Rondônia


Compartilhe