Governo de Rondônia
Sábado, 21 de setembro de 2019

HABITAÇÃO POPULAR

Secretária explica procedimentos para retomada de obras do Morar Melhor II em Ji-Paraná

03 de junho de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Ao receber em seu gabinete nesta segunda-feira (3) o deputado estadual Cabo Jhony Paixão, que preside a Comissão de Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa, a secretária de Estado de Assistência e do Desenvolvimento Social, primeira-dama Luana Rocha, falou sobre os procedimentos que estão sendo feitos para retomada das obras do Empreendimento Morar Melhor II em Ji-Paraná. A secretária explicou que ao todo são 1.456 unidades habitacionais, das quais pelo menos 720 já estão prontas para serem entregues, mas dependem da vistoria, enquanto as 736 restantes dependem apenas de ajustes técnicos para serem concluídas.

Secretária Luana disse que expectativa é que a entrega de 720 imóveis aconteça no segundo semestre

Com a liberação de mais recursos para o Programa Minha Casa Minha Vida, anunciada no mês de maio pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, ao governador Coronel Marcos Rocha, e com a inclusão da construtora responsável pela obra na lista para ajustes, a expectativa é que os trabalhos sejam retomados para conclusão das unidades que ainda estão pendentes, paralelamente à realização da vistoria dos 720 imóveis já concluídos. Após a vistoria, a instituição financeira gerará os contratos para assinatura e em seguida será feita a entrega das chaves pela Seas.

Luana Rocha garantiu que esforços estão sendo feitos para que estes imóveis sejam entregues o mais rápido possível, pois entende a ansiedade das famílias em deixar de pagar aluguel ou morar de favor.

O Morar Melhor II tem 91 prédios com 16 apartamentos, cada um contendo dois quartos, sala, cozinha e área de serviço conjugados, além de banheiro social. Os futuros moradores também terão gás canalizado, estacionamentos e tratamento próprio de esgoto.

Ao todo o governo tem 5.396 unidades habitacionais para serem entregues em Rondônia, das quais 3.727 estão em Porto Velho, 219 em Jaru e 1.456 em Ji-Paraná. Todos estes imóveis já tiveram os endereços sorteados, ou seja, seus respectivos contemplados já sabem a quadra e o número do imóvel onde vão morar, mas para recebê-lo precisam fazer a vistoria, que ocorre após o banco analisar toda a documentação e emitir o apto para assinatura do contrato.

Leia Mais:

 Banco do Povo empresta R$ 1,5 milhão a pequenos investidores durante a 8ª Rondônia Rural Show Internacional em Ji-Paraná

 

 


Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Antônio Lucas
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Brasil, Governo, Habitação, Rondônia


Compartilhe