Governo de Rondônia
Quinta, 14 de dezembro de 2017

HOMENAGEM

Secretário de Justiça é homenageado em programa de televisão

04 de dezembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Considerado amigo do programa 190 que vai ao ar pela Tv Gazeta canal 25.1 exibido aos sábados das 11h às 12h. O secretário Marcos Rocha, da Sejus, recebeu das mãos do apresentador Douglas Mendonça o certificado pelos serviços prestados ao Estado de Rondônia. “Queremos registrar este momento na história porque a Sejus é um lugar de serviço árduo, mesmo assim, o senhor tem feito um excelente trabalho,” declarou Douglas.

Secretário Marcos Rocha ao lado do apresentador Douglas Mendonça e Suelly Santtos.

A programação mostrou vídeos das viagens do secretário Marcos Rocha em outros estados da federação onde estão implantando tecnologia avançada para identificar toda a vida do reeducando. “Está inovação trará mais agilidade aos processos do apenado, como facilitará a identificação deles, assim como, mostrará toda vida pregressa dessa pessoa privada de liberdade. Antes eles até poderiam tentar enganar o sistema, agora, isso não será mais possível,” afirmou Marcos Rocha.

O apresentador Douglas Mendonça mencionou que em todo o Brasil exista cerca de duzentos milhões de brasileiros, desses, setecentos e vinte dois mil estão encarcerados. Em Rondônia, já ultrapassa doze mil, sendo distribuídos em cinquenta e dois presídios. Na capital de Porto Velho aproximadamente seis mil reeducandos cumprem pena no sistema prisional.

“Quando eu assumi a Secretaria de Estado da Justiça, havia apenas setenta e seis apenados trabalhando para voltar a contribuir com a sociedade. Agora são mil e duzentos que trabalham há dois anos e onze meses pelo Fundo Penitenciário, nós temos mais dois mil que trabalham por meio das cartas de emprego, que são apoiados pela Sejus, Sistema Judiciário ou até mesmo o próprio apenado que conseguiu o trabalho. Ainda temos mais quinhentos reeducandos trabalhando junto ao Conselho da Comunidade totalizando uns três mil e setecentos que passam pelo processo de ressocialização,” finalizou Marcos Rocha.


Fonte
Texto: Léia Castro
Fotos: Léia Castro
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Entrevista, Governo, Justiça, Rondônia, Sociedade


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube