Governo de Rondônia
Segunda, 08 de março de 2021

DESENVOLVIMENTO

Secretários e procuradores gerais abrem neste quinta-feira reunião do Consórcio Brasil Central em Porto Velho

16 de dezembro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Secretários de Planejamento e procuradores gerais dos Estados de Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Distrito Federal abrirão nesta quinta-feira (17), em Porto Velho, a última reunião do ano do Consórcio  Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, que acontecerá no Palácio Rio Madeira. Eles debaterão uma pauta comum que será deliberada na sexta-feira (18), no mesmo local, pelos governadores dos estados que compõem o bloco.

O secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão de Rondônia, George Braga, explicou que será uma reunião de trabalho, como aconteceu nos cinco estados do bloco. “Vamos debater a pauta que será deliberada pelos governadores no dia seguinte”, disse.

A pauta desta quinta-feira é composta por temas, como ameaças comuns de projetos que tramitam no Congresso Nacional, definição do contrato de rateio entre participantes do bloco da agenda da primeira reunião do Conselho de Administração do Consórcio.

Na sexta-feira, acontecerá a reunião do 6º Fórum de Governadores do Brasil Central e a primeira desde que o governador Marconi Perilo, de Goiás, foi eleito em novembro deste ano para presidir o bloco.

POPULAÇÃO

Os estados que compõem o consórcio Brasil Central abrigam 20 milhões de habitantes, que representam 9,16% da população brasileira. São responsáveis por 9,02% dos postos de trabalho nas micro e pequenas empresas nacionais, e uma das principais características dessas unidades federativas é o fato de serem produtoras de alimentos.

O Consórcio é uma associação pública de natureza autárquica, dotado de autonomias administrativa e financeira, com patrimônio e receita próprios. Cada unidade contribui, anualmente, com R$ 1,9 milhão para financiar as atividades que serão executadas. A autarquia contará com quadro próprio de servidores, todos bancados pelo orçamento do bloco. Esta é a região que mais se desenvolveu nos últimos anos e também a que apresentou a maior redução da taxa de pobreza.

O Fórum é composto pelos governadores de Rondônia, Confúcio Moura; de Mato Grosso, Pedro Taques; de Goiás, Marconi Perillo; de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; do Tocantins, Marcelo Miranda; e do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, além do  consultor Roberto Mangabeira Unger, ex-ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia


Compartilhe