Governo de Rondônia
Domingo, 09 de maio de 2021

DESENVOLVIMENTO

Sedam instala conselho estadual de política agrícola para floresta plantada

01 de dezembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Floresta plantada de pinho cuiabano

Floresta plantada de pinho cuiabano

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) instalou na quarta-feira, 30, o Conselho Estadual de Política Agrícola para Floresta Plantada – Consepaf, instrumento previsto na lei complementar nº 873, de 12 de maio de 2016, que instituiu a Política Agrícola para Florestas Plantadas em Rondônia. Compete ao colegiado assessorar o chefe do Poder Executivo na formulação de diretrizes para essa política.

O Conselho Estadual de Política Agrícola para Floresta Plantada é formando por oito titulares e igual número de suplentes. Fazem parte represenTantes da Sedam, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Agencia de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia (Idaron), Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), da Assembleia Legislativa, de instituição de pesquisa e ensino e de associação de produtores e consumidores de floresta plantada.

“A minuta do regimento está pronta e foi entregue aos conselheiros. Eles têm agora prazo de 30 dias para avaliar e oferecer sugestões ao texto do regimento. Na próxima reunião do conselho, prevista para fevereiro de 2017, deveremos votar o regimento”, afirmou o coordenador do projeto Floresta Plantada, engenheiro florestal Edgard Menezes.

As atribuições do Consepaf serão definidas nesse documento. Os conselheiros não são remunerados, e as reuniões para acompanhar a política e o plano de desenvolvimento de florestas plantadas serão realizadas bimensalmente durante o ano.

A política de floresta plantada tem se revelado um atrativo econômico importante para produtores rurais e fonte de arrecadação para o estado. Somente nos primeiros nove meses do ano, e com apenas a comercialização da teca, plantada para comercialização da madeira em diversas regiões do estado, foram movimentados R$ 44 milhões na economia rondoniense.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Ecologia, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe