Governo de Rondônia
Sábado, 31 de julho de 2021

Sedam mantém fiscalização para uso correto da Estrada Parque

15 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

estrada parque (13)Para que sejam evitados danos ao Parque Estadual de Guajará-Mirim, em cumprimento às regras de acesso e trânsito em uma Estrada Parque, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) continua fiscalizando, em parceria com a Polícia Militar, Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO) e outros órgãos de controle  ambiental, o tráfego na estrada que está sendo construída pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER) para atender à população de Guajará-Mirim e Nova Mamoré. Esses dois municípios ficaram isolados por terra, via BR-425, durante a maior enchente do Estado e a alternativa apontada pelo governador Confúcio Moura foi a abertura da Estrada Parque, garantindo o acesso pelas regiões de Ariquemes e Buritis, mas com restrições para evitar danos ambientais.

De acordo com o coordenador de Unidade de Conservação da Sedam, Osvaldo Pitalluga, o monitoramento tem por objetivo evitar atos ilícitos, como por exemplo, a passagem de animais a pé ou sem a Guia de Transporte (GTA), veículos sem documentação ou transportando madeira de forma ilegal. Ele explicou que são mais de 10 fiscais em duas bases instaladas nos distritos de Jacinópolis e Nova Dimensão sendo responsáveis pelo trabalho, que recentemente resultou na apreensão de um caminhão transportando madeira furtada.

5 - estrada parque 1

“A intenção do governo é de promover o uso correto da Estrada Parque, orientando, inclusive, sobre a necessidade de redução da velocidade para evitar o atropelamento de animais do parque”, disse Pitalluga, adiantando que, além dos redutores de velocidade que deverão ser instalados e outras medidas reguladoras, também serão construídos túnel e passarela para a passagem dos animais existentes na área. “Outdoor e placas com orientações sobre limites de velocidade e o que pode e não pode ser feito dentro do parque também foram confeccionados”, completou.

Pitalluga ainda informou que um biólogo do Mato Grosso está realizando trabalho de avaliação para apresentação de um projeto tratando da infraestrutura e regras que possam conciliar o acesso e uso da estrada com a preservação do Parque Estadual.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Veronilda Lima
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Meio Ambiente, Trânsito


Compartilhe