Governo de Rondônia
Quinta, 14 de novembro de 2019

JACUNDÁ

Governo promove capacitação básica em gestão de Unidades de Conservação Estaduais de Rondônia

17 de setembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

A principal intenção foi demonstrar que unidades de conservação podem contribuir na geração de ativos

Com o objetivo de capacitar técnicos, acadêmicos da área ambiental e a associação que representa a comunidade tradicional da Reserva Extrativista Rio Preto Jacundá, a Coordenadoria de Unidades de Conservação (CUC) da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) promoveu no último dia 13 a I Capacitação em Gestão de Unidades de Conservação Estaduais.

A principal intenção foi demonstrar que unidades de conservação, além do importante papel de preservação da biodiversidade, podem, também, contribuir na geração de ativos. A capacitação abordou temas como: Categorias de Unidades de Conservação, Cadeia de Custódia, Plano de Manejo, Plano de Manejo Florestal Sustentável, Cadeia Produtiva, Potencialidades das Unidades de Conservação, População Tradicional, Programa ARPA, Programa Paisagens Sustentáveis, Compensação Ambiental e Selo Verde.

VALORIZAÇÃO DAS COMUNIDADES EXTRATIVISTAS

Por determinação do governador Marcos Rocha, a Sedam vem investindo em diversas políticas públicas voltadas para à valorização das comunidades tradicionais residentes em unidades de conservação.

Somente neste ano, serão inauguradas, com recursos de compensação ambiental, agroindústrias de açaí e de farinha, três poços tubulares, construção da sede administrativa da reserva extrativista Rio Cautário, ampliação da sede do Parque Corumbiara, aquisição de carros, jets ski e diversos outros equipamentos. Com isso, o governo visa operacionalizar essas unidades de conservação.

Além da parte teórica, na parte da tarde foi realizada aula de campo

Para o secretário da Sedam, Elias Rezende, presente na no evento, é de extrema importância que a gestão ambiental ocorra de forma equilibrada, onde o setor produtivo e o ambiental trabalhem de forma harmoniosa, trazendo benefícios para ambos os lados. Ainda em sua fala, ressaltou a importância que é o Estado abrir as portas de uma Unidade de Conservação, mostrando o trabalho que Sedam vem desenvolvendo através da Coordenadoria de Unidades de Conservação.

Segundo o engenheiro florestal e Coordenador Estadual de Unidades de Conservação, Denison Trindade, as unidades de conservação ocupam 18% do Estado de Rondônia, e que políticas públicas estruturantes devem ser implementadas no sentindo de torná-las auto-suficientes, sendo através de projetos como crédito de carbono, plano de manejo florestal, agroindústrias, turismos, entre outros.

Além da parte teórica, na parte da tarde foi realizada aula de campo onde os participantes acompanharam um Plano de Manejo madeireiro dentro de uma Unidade de Conservação, onde puderam aplicar os conhecimentos recebidos na parte da manhã.

Leia mais:

 Na inauguração de estruturas na Reserva Jacundá, governador anuncia novas medidas e expansão do “projeto REDD” para outras Unidades

 Governo cria políticas públicas de fomento às atividades extrativistas de comunidades tradicionais em áreas de conservação


Fonte
Texto: Lívia Balbino
Fotos: Lívia Balbino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Meio Ambiente


Compartilhe