Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

ACESSO À EDUCAÇÃO

Seduc debate crescimento do Pronatec em Rondônia

01 de julho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Secretário Emerson Castro debateu sobre pontos do Pronatec com representantes do Conselho Estadual de Educação

Secretário Emerson Castro debateu sobre pontos do Pronatec com representantes do Conselho Estadual de Educação

A professora Josefa Oliveira, vice-presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE) – em companhia de Marcela Campos, esteve reunida com Emerson Castro, secretário de Estado da Educação, nesta sexta-feira (27), para tratar de assuntos atinentes ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Rondônia.

O programa foi criado pelo Governo Federal, em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica e, segundo Oliveira, pode expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e de cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional presencial e a distância.

O Pronatec também tem como objetivo construir, reformar e ampliar as escolas que ofertam educação profissional e tecnológica nas redes estaduais. “O programa pode aumentar as oportunidades educacionais aos trabalhadores por meio de cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional, além de aumentar a quantidade de recursos pedagógicos para apoiar a oferta de educação profissional e tecnológica e, finalmente, melhorar a qualidade do ensino médio” lembrou o secretário Castro.

A professora Josefa afirmou ao secretário Emerson que o Pronatec tem um universo de 8 milhões de inscritos e a meta é atingir os 12 milhões, o que deve acontecer até o final do ano e Rondônia tem sido uma referência nacional “per capita” e está em primeiro lugar na região Norte.

A meta 13 é ampliar a oferta de matriculas da educação profissional técnica de nível médio, de modo a atender, no mínimo, 20% dos alunos do ensino médio até o final da vigência do PEE/RO.

A meta 11 quer triplicar as matrículas da educação profissional técnica de nivel médio, assegurando a qualidade da oferta pelo menos 50% da expansão no segmento público.

Além das iniciativas voltadas ao fortalecimento do trabalho das redes de educação profissional e tecnológica existentes no país, a professora e o secretário garantem que o Pronatec criou a Bolsa-Formação, por meio da qual serão oferecidos, gratuitamente, cursos técnicos para quem concluiu o Ensino Médio e para estudantes matriculados no Ensino Médio e cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional.

Diversos pontos do Pronatec foram debatidos e o secretário Emerson Castro colocou a Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (Seduc) à disposição para que o Pronatec continue obtendo sucesso e que todas as metas venham ser alcançadas no Estado.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Antônio Queiroz - Assessoria Seduc
Fotos: Quintela
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação


Compartilhe