Governo de Rondônia
Domingo, 17 de dezembro de 2017

RESSOCIALIZAÇÃO

Sejus faz parceria com Idep para realização de cursos para reeducandos do sistema penitenciário de Rondônia

09 de novembro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) assinou nesta quarta-feira (8) o contrato de parceira com o Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional (Idep), para a realização de cursos profissionalizantes para os reeducandos do Sistema Penitenciário do Estado de Rondônia.
O contrato foi assinado pelo secretário de Justiça, Marcos Rocha, a presidente do Idep, Adir Josefa e a presidente do Fundo Penitenciário, Núbia Camacho.

O contrato foi assinado pelo secretário de Justiça, Marcos Rocha, a presidente do IDEP, Adir Josefa e a presidente do Fundo Penitenciário, Núbia Camacho.

Para ocorrer a realização dos cursos, tramitam os seguintes procedimentos legais: o Fundo Penitenciário (Fupen) repassa o recurso para a contratação da empresa responsável por ofertar os cursos profissionalizantes, ao Idep, que por sua vez é responsável em contratar, executar e apurar informações estatísticas, a Sejus, através da Gerência de Reinserção Social (Geres), seleciona os reeducandos, e viabiliza a parte logística para a realização dos cursos nas unidades prisionais.

Os cursos serão ofertados para unidades prisionais dos municípios de Porto Velho, Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Guajará Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Machadinho, Pimenta Bueno, Rolim de Moura e Vilhena, e atenderão diretamente 336 reeducandos.

Os reeducandos terão oportunidade de se profissionalizar nas seguintes áreas: eletricista de automóveis; instalador e reparador de redes de computadores; pedreiro de revestimento em argamassa, operador de motoniveladora, mecânico de máquinas de costura; pintor de obras imobiliárias; mecânico de motores de popa; serralheiro de materiais ferrosos; costureiro industrial de vestuário; reparador de eletrodomésticos e pedreiro de alvenaria.

O secretário de justiça, Marcos Rocha, destacou que a capacitação profissional tanto para reeducandos como para os servidores do sistema penitenciário tem sido contínua, em média 540 reeducandos foram capacitados no período de Janeiro a outubro de 2017, e quase três mil foram atendidos com trabalho. “Para que o processo da ressocialização dos reeducandos atinja seu objetivo devemos oportunizar capacitação profissional e a inserção no mercado de trabalho”..

A presidente do Idep, Adir Josefa, destacou que a visão da Sejus de capacitar a população carcerária para o mercado de trabalho é extremamente assertiva. “Acredito que a cidadania se dá pela oportunidade dada ao cidadão, deixa-lo em condições para que possa assumir um posto de trabalho, fazer uma faculdade e atender sua família dignamente, isso é cidadania,” afirmou.

Leia mais:

Secretaria de Estado da Justiça realiza projeto de reinserção social em Rolim de Moura para capacitar apenados a ingressar ao mercado de trabalho


Fonte
Texto: Cíntia Xavier
Fotos: Cíntia Xavier
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Capacitação, Contratos e Aditivos, Cursos, Educação, Empresas, Governo, Inclusão Social, Justiça, Municípios, Rondônia, Segurança, Serviço, Sociedade


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube