Governo de Rondônia
Sexta, 20 de setembro de 2019

OBRA PARALISADA

Sejus planeja retomada de obras do Presídio de Ariquemes

15 de janeiro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

As obras do novo Presídio de Ariquemes serão retomadas, graças à parceria entre o Ministério Público Estadual e a Secretaria Estadual de Justiça. A decisão foi tomada terça-feira, 13, durante reunião entre o secretário estadual de Justiça, Marcos Rocha, o juiz substituto da 2ª Vara Criminal, Adip Chaim Homsi Neto, o procurador de Justiça, diretor do Centro de Apoio Operacional da Probidade (CAOP), Carlos Grott, e o promotor da execução penal, Rodrigo Leventti Guimarães. reunião Sejus e MP Iniciada há quase cinco anos, a obra foi paralisada diversas vezes, devido a problemas contratuais. Consequentemente, houve atraso na entrega. Somente no período de 2011 a 2015, cinco empresas empreiteiras trabalharam na construção do presídio. O secretário apresentou aos magistrados ­­nova estratégia para retomada da obra, prevendo-se alterações pontuais no projeto estrutural e, se necessário, a contratação de nova empresa. O presídio terá capacidade para 360 vagas e deverá ser entregue em três etapas. Na primeira estarão prontas 120 vagas. “Se essas medidas são necessárias para a conclusão da obra, estamos aqui para apoiar e vamos aguardar o prazo solicitado pela Sejus para reiniciá-la”,  disse o Promotor Rodrigo Leventti Guimarães, disposto a ajudar. Também participaram da reunião o secretário Executivo da Regional II do Governo de Rondônia Vânio Dalla Vechia Marques, o engenheiro da Sejus Luiz Henrique Scheidegger, o defensor público Bruno Rosa Balbé, o representante do Conselho da Comunidade Gustavo Henrique Machado Mendes e o diretor da casa de Detenção de Ariquemes, Heber Carvalho dos Santos.


Fonte
Texto: Suely David
Fotos: Suely David
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Comunicação Interna, Contratos e Aditivos, Convênios, Empresas, Governo, Legislação, Municípios, Rondônia, Segurança, Sociedade


Compartilhe