Governo de Rondônia
Domingo, 07 de março de 2021

EDUCAÇÃO

Seminário com quatro dias de duração formará professores e coordenadores para o Ensino Integral em Rondônia

06 de fevereiro de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Entre os dias 13 e 17 deste mês, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) formará 280 professores, gestores, coordenadores de bibliotecas e laboratórios que adotarão a nova matriz curricular da Escola de Ensino Médio em Tempo Integral em Rondônia.

Alunos da Escola Brasília, em Porto Velho, terão ensino médio em Tempo Integral

Alunos da Escola Brasília, em Porto Velho, terão ensino médio em Tempo Integral

Em março, quando as aulas se iniciarem em dez escolas, professores do Projeto de Vida passarão pelo aprofundamento referente à disciplina. Em ambas as fases, o parceiro da Seduc é o Instituto de Co-Responsabilidade pela Educação, que ministrará o segundo seminário para o funcionamento na nova matriz.

“O objetivo desse modelo é primordial para que o aluno saiba qual caminho irá trilhar, e o que deverá fazer para se aproximar do mundo do trabalho”, comentou nesta segunda-feira (6) a coordenadora pedagógica do Ensino Integral, Adriana Nobre.

Segundo ela, jovens entre 15 e 17 anos poderão analisar suas trajetórias escolares e possíveis defasagens. Coordenadores da base nacional comum e da parte diversificada planejarão e executarão para eles propostas de caráter investigativo e de organização de ações.

4.500 HORAS ANUAIS

Total de horas-aula semanais, da 1ª à 3ª séries: 37,5. Total de aulas anuais: 5.400. Horas totais: 4.500.

As escolas funcionarão das 7h30 às 17h, com 1h20 para almoço e dois intervalos diários.

Adriana Nobre explicou o diferencial entre o modelo anterior e o atual. “Agora temos o aumento da carga horária para língua portuguesa e matemática. Anteriormente, eram quatro aulas, de agora em diante serão seis. E não há como dissociar a parte integradora da base nacional curricular”.

Escolas com Ensino Integral: Brasília (Porto Velho), Heitor Villa Lobos (Ariquemes), Marechal Cordeiro de Farias (Pimenta Bueno), Alejandro Vague Mayor (Ji-Paraná), Josino Brito (Cacoal), Juscelino Kubistchek (Alta Floresta), Candido Portinari (Rolim de Moura), Capitão Silvio de Farias (Jaru), Simon Bolívar (Guajará-Mirim) e 7 de Setembro (Espigão do Oeste).

A matriz curricular adotada pelo Ministério da Educação é a seguinte:

BASE NACIONAL COMUM

Área de Linguagens
Arte
Educação física
Língua inglesa
Língua portuguesa

Área de Matemática
Física
Matemática

Área de Ciências da Natureza
Biologia
Filosofia
Geografia
História
Química
Sociologia

PARTE DIVERSIFICADA

Atividades Integradoras
Avaliação semanal
Disciplinas eletivas
Geografia do Estado de Rondônia
História do Estado de Rondônia
Estudo orientado
Pós-Médio
Práticas experimentais
Projeto de vida

SAIBA MAIS
Rondônia adota Ensino Médio Integral para mais de seis mil alunos

Informações sobre Educação Integral no Portal do MEC


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Distritos, Educação, Infraestrutura, Legislação, Rondônia, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe