Governo de Rondônia
Segunda, 01 de março de 2021

UNIFICAÇÃO

Seminário da base curricular comum em Porto Velho vai propor melhorias dos ensinos fundamental e médio e educação infantil

04 de julho de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

bncc_educacao rodonia

Em maio, coordenadorias regionais da Educação debateram a metodologia de trabalho do seminário

O Seminário Estadual da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), uma das mais importantes reuniões promovidas este ano pela Secretaria Estadual de Educação de Rondônia (Seduc) começará terça-feira (5) em Porto Velho e terminará na quarta-feira, com a elaboração de 27 relatórios que serão filtrados em cinco para encaminhamento ao Ministério da Educação (MEC).

O evento vai propor melhorias na educação infantil e ensinos fundamental e médio. Além de Rondônia, outros 17 estados brasileiros recolherão propostas que constarão em relatórios a serem entregues ao MEC até o final de agosto próximo.

Atualmente, os livros didáticos do MEC seguem antigas diretrizes curriculares nacionais. A partir da BNCC, todo material abordará o conteúdo de base estabelecido pelo documento para cada fase do aprendizado.

Não é a primeira vez que as escolas de Rondônia e de todo o Brasil se deparam com o currículo elaborado pelo governo, informou hoje (4) a técnica da Diretoria Geral de Educação (DGE) e auxiliar de pesquisa da BNCC pelo Ministério da Educação (MEC), Janette Reis.

Segundo ela, entre 1997 e 2000 criaram-se Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) para os ensino fundamental e médio e apenas em 2008 surgiu proposta do Programa Currículo em Movimento, para o desenvolvimento de uma grade também para a educação infantil.

“Embora visassem regulamentar o ensino, eliminando desigualdades entre diferentes regiões, para a conquista de uma educação de qualidade, os PCNs não foram tão detalhados ou tampouco objetivos quanto pretende ser a BNCC.

O debate visa evitar lacunas quanto aos conteúdos programáticos de cada componente curricular, de um ano para outro. “Dessa forma, é possível evitar prejuízos no aprendizado”, comentou Janette Reis.

A Lei nº 3.839, sancionada pelo governador Confúcio Moura e publicada no Diário Oficial em 27/6, institui o Projeto Ensino Médio Integrar, justamente para elevar a qualidade de ensino e reduzir lacunas de aprendizagem.

A BNCC está na segunda versão, que será discutida com a presença de representantes do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Estadual de Educação (CEE), Universidade Federal de Rondônia (Unir) e MEC.

Desde meados de 2015, a Comissão Estadual da BNCC trabalha na conscientização de educadores, instituições e população em geral, a respeito da importância da contribuição com a consulta pública disponível no portal da base.

Até 15 de março deste ano, o número de contribuições no portal alcançou 2,22 milhões.

No primeiro dia do seminário, os participantes ouvirão palestras da professora Ana América Inoue, da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco); do professor Ítalo Modesto Dutra, da Universidade de Brasília (UnB); e da professora  Juracy Machado Pacífico, da Unir.

POR UMA REALIDADE MAIS PRÓXIMA DAS SALAS DE AULA

► O primeiro efeito da BNCC talvez não aconteça nas escolas, mas nas instituições de ensino superior responsável pela formação de educadores.

► A BNCC permitirá que pedagogos e licenciados tenham seu aprendizado direcionado para conteúdos com os quais terão que lidar no dia a dia da profissão.

► Além de ajudar a preparar professores para o que os espera nas escolas, a Base também servirá para criar possibilidades de continuidade de estudos e pós-graduações mais práticas e próximas da realidade das salas de aula.

► Estimativas do MEC: nas escolas de educação básica, coordenadores, professores e diretores poderão contar com conteúdos estabelecidos pela BNCC em pelo menos 60% de sua grade curricular.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Seduc
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Capacitação, Cultura, Cursos, Distritos, Educação, Evento, Governo, Inclusão Social, Legislação, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe