Governo de Rondônia
Quinta, 16 de setembro de 2021

SANIDADE VEGETAL

Servidores da Idaron são treinados para fiscalizarem mudas de café

09 de dezembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Mais de 60 fiscais e assistentes de fiscal da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) participaram, nesta semana, de treinamento para padronizarem a fiscalização de mudas de café e para eliminar qualquer dúvida em relação à Portaria n. 558 da Idaron. Este mesmo curso já foi realizado duas vezes, treinando outros 70 servidores.treinamento-vegetal-07-12-16-7-2

O treinamento foi divido em duas partes: na primeira foi debatido sobre a problemática do nematoide, principal praga do café, os riscos, prejuízos causados na cafeicultura e medidas de controle da doença.

Já na segunda parte foi abordado sobre as legislações federais e estaduais, principalmente a Portaria n. 558 da Idaron, que regulamenta os requisitos fitossanitários para a produção, a comercialização, o trânsito, o armazenamento e a utilização de mudas de café.

Durante o treinamento foi explicado sobre os procedimentos para cadastrado de viveiros, fiscalizações, metodologias de coletas de mudas para análise laboratorial, entre outros assuntos da Portaria. “As coletas devem ser feitas pelo responsável técnico do viveiro e acompanhadas pela Idaron”, conta o coordenador de Fiscalização em Sementes e Mudas, Renê Parmejiani.

A Portaria n. 558 entrou em vigor em 17 de julho e uma das principais mudanças que ela trouxe é a exigência de análise em laboratório credenciado para confirmar a presença de nematoide nas mudas. “Temos que garantir que serão usadas apenas mudas sadias, sem a praga”, fala o presidente da Idaron, Anselmo de Jesus.

O presidente ressalta ainda que para conseguir aumentar a produção de café são necessários fomento, mudas de qualidade e extensão rural. “Com a tecnologia que temos hoje podemos produzir como já produzimos no passado e em uma área menor”, finaliza.

Rondônia é o quinto maior produtor de café do Brasil, sendo o segundo em produção de conilon.

INFORMAÇÃO

Com o objetivo de informar viveiristas e produtores de café de como produzir com sanidade, a Idaron lançou uma cartilha com boas práticas de produção de mudas de café. As cartilhas estão disponíveis nas Unidades de atendimento da Idaron e disponibilizadas no site da instituição (www.idaron.ro.gov.br).

Na cartilha é explicado e exemplificado com fotos e ilustrações a importância da qualidade sanitária da muda de café; o que são os nematoides, principal problema sanitário da muda de café; sobre o cadastramento dos viveiros de mudas de café; os requisitos fitossanitários obrigatórios e recomendáveis para a implantação de viveiros, entre outros assuntos.

Leia mais:
Portaria da Idaron que regulamenta produção de mudas de café em Rondônia recebe apoio de órgãos governamentais
Viveiristas vão faturar R$ 4,2 milhões com venda de mudas de café clonal em Rondônia


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Amabile Casarin
Fotos: Amabile Casarin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Evento, Governo, Rondônia


Compartilhe