Governo de Rondônia
Sexta, 25 de junho de 2021

EDUCAÇÃO

Sesdec anuncia ampliação do Projeto Aluno Monitor para todo o estado

11 de junho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Reis destaca importância do PAM e sua ampliação para todo o Estado

Reis destaca importância do PAM e sua ampliação para todo o Estado

Ao participar na terça-feira (9) da solenidade de abertura da nova turma do Projeto Aluno Monitor (Pam), realizada no auditório da Ordem dos Advogados (OAB) de Ariquemes, o secretário estadual de Segurança, Defesa e Cidadania, Antônio Carlos dos Reis, anunciou a intenção de ampliar o projeto desenvolvido na Escola Estadual Chico Mendes, para todo o Estado.

De acordo com o secretário, é através dessas ações de politicas públicas que a segurança passa por transformações positivas. “Não basta termos viaturas, efetivo e equipamentos, se não nos preocuparmos com a juventude, que é o futuro de nossa sociedade. É neste momento de formação da sociedade que podemos mudar uma nação”, frisou.

Reis informou que o primeiro passo para expandir o PAM é buscar parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e em seguida identificar colaboradores dentro da polícia que tenham o perfil para coordenar o projeto nas regionais. “A palavra de ordem é parceria”, afirmou.

Conforme o delegado regional, Renato Morari, um dos objetivos do PAM é retirar a juventude da vulnerabilidade do mundo do crime, mostrando a eles o caminho do bem, além de trabalhar a prevenção primária com relação às drogas e à prostituição. Com esse projeto, formamos verdadeiros cidadãos”, argumentou.

 A aluna Inara Conceição de Andrade, de 17 anos, conta que ao ser convidada a participar do PAM, a princípio recusou. Pois, segundo ela, não gostava de interagir com os colegas, mas pensou melhor e decidiu experimentar. Inicialmente se mantinha afastada da turma, depois gostou da metodologia de ensino da coordenadora e a forma como era incentivada a  trabalhar o que mais gostava de fazer, que em seu caso, é a música. “Hoje eu participo do PAM e me apresento em nossos eventos ”, disse.

De acordo com a agente de polícia Keilangy  Póvoas, o PAM trabalha a valorização dos jovens, reconhecendo suas potencialidades, senso de cooperação e responsabilidades, respeitando a integridade em todos os seus aspectos, considerando as diferenças sociais, econômicas, culturais, étnicas e religiosas, tornando-os monitores da própria escola.

“Incentivamos os jovens a permanecerem na escola, sem perder de vista sua singularidade da personalidade e trajetória de vida, fortalecendo-os na busca por seus ideais”, ressaltou Keilangy.

A comandante da Guarda Municipal, Elis Regina Pereira, disse que construir mecanismos de participação junto à juventude tem se tornado a cada dia um grande desafio, porém, se estes espaços forem potencializados, podem servir de canais de diálogo, como ponto de partida e de chegada.”Aqui nós estamos potencializando o aluno”.

Secretário Antônio Carlos Reis com professores, coordenadores e alunos do PAM

Secretário Antônio Carlos Reis com professores, coordenadores e alunos do PAM

Criado e implantado em Porto Velho com o propósito de contribuir com o fortalecimento educacional, social e preventivo dos alunos, pelo policial civil  Wagner Ferreira Marques, há 12 anos, o PAM atende a alunos de 14 a 18 das escolas estaduais. Em mais de uma década, o projeto teve a aprovação e o reconhecimento da Organização Não Governamental (ONG) Terres Des Hommes, da Holanda; e da Polícia Civil de Rondônia, conquistando o 2º lugar no prêmio “Construindo a Nação”, na categoria Iniciativa Pública e Privada, de 2008.

METODOLOGIA

O aluno monitor recebe aula  de noções de polícia comunitária, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), meio ambiente, relações humanas, cidadania e prevenção ao uso indevido de drogas, além de participarem de atividades extra sala, que incluem palestras, visitas ao Comando da Polícia Militar, ao Corpo de Bombeiros, Direção Geral da Policia Civil e a outros órgãos.

O projeto está funcionando em Ariquemes, há mais de três anos, através da Polícia Judiciária de Rondônia, sob a Coordenação da agente de polícia Keilangy  Póvoas. Inicialmente, era denominado Aluno Referencial (PAR), mas a pedido da Sesdec, por ter o mesmo objetivo, no final de 2014  passou a ser o PAM.

A solenidade de abertura contou também com a presença do diretor de Polícia do Interior, Elizeu Muller; da coordenadora de Educação da região do Vale do Jamari, Núria Saguê; da secretária executiva do Vale do Jamari, Rosiliane Mátias; da assessora especial do governo, Vilma Alves; diretor da Escola Senai Ariquemes, Roberto Tavares; o vereador Vânio Marques, entre outras autoridades.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Suelly David
Fotos: Stanismar de Sena Brito
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Educação, Governo, Inclusão Social, Justiça, Legislação, Polícia, Rondônia, Segurança, Serviço, Sociedade


Compartilhe