Governo de Rondônia
Terça, 15 de junho de 2021

CAMPANHA

Sesdec deflagra “Operação Sangue bom”

15 de maio de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Hemocentro necessita de sangue Tipo O+ e O-

Hemocentro necessita de sangue Tipo O+ e O-

Firmando o compromisso social, servidores da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) irão deflagrar, nesta quarta-feira (20), pela segunda vez a “Operação Sangue Bom”, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para a doação de sangue e de medula óssea.

Em Porto Velho, já nas primeiras horas do dia, o hemocentro será tomado por homens do Comando de Operações Especiais (COE), do Pelotão de Motociclistas, policiais civis e militares, delegados, bombeiros e todo o efetivo administrativo. Ação da Sesdec ocorrerá em todos hemocentros do Estado.

A iniciativa solidária visa aumentar o número de doadores de sangue e manter o estoque da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron), que neste momento está em baixa, necessitando dos fatores O+ e O-. Segundo a blogueira, em Porto Velho, são necessários 100 doadores diários, para atender a demanda de 23 hospitais entre públicos e privados, além de pacientes de oncologia que necessitam de transfusões diárias.

Para o secretário da Sesdec, Antônio Carlos dos Reis, esses novos meios de comunicação contribuem de forma significativa para causas sociais, “Tomamos conhecimento pelas redes sociais do alerta da blogueira. Fizemos contato com o hemocentro de Rondônia e nos deparamos com a real necessidade do banco de sangue. Todo o efetivo da Sesdec está sendo convocado e tenho absoluta certeza de que vamos ajudar salvar vidas”, afirmou Reis.

Para o governador de Rondônia, Confúcio Moura, essa iniciativa é muito importante. Prova que os gestores de outras pastas, não ligados diretamente a saúde, estão atentos aos compromissos sociais, como o caso da Sesdec, que não  mede esforços para manter o estoque de sangue em dia, “É um grande exemplo que a nossa segurança pública está nos dando. Acredito que todos os gestores poderiam convocar os servidores para doações de sangue. O governo não pode comprar bolsas de sangue e contamos com a solidariedade de cada cidadão”, enfatizou Confúcio.

Para doar sangue, é preciso ter entre 18 e 69 anos, possuir mais de 50kg e estar em boas condições de saúde e levar um documento com foto. O doador também não deve ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à captação do sangue.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Márcia Martins
Fotos: Arian Oliveira
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Polícia, Saúde, Segurança


Compartilhe