Governo de Rondônia
Domingo, 24 de março de 2019

BOVINOCULTURA

Simpósio destaca importância do manejo das pastagens para melhoria do rebanho bovino em Rondônia

30 de novembro de 2018 | Governo do Estado de Rondônia

Rondônia alavancou o crescimento do rebanho bovino na região Norte.

O Centro de Treinamento da Emater (Centrer-RO) recebeu nesta quarta-feira (28), cerca de 150 pessoas entre técnicos, extensionistas, acadêmicos e interessados no assunto para discutir as pastagens de Rondônia. A abertura contou com a participação do corpo diretivo da Emater-RO que incentiva a discussão e introdução de técnicas que promovam a melhoria da capacidade de produção de forrageiras e da qualidade dos alimentos ofertados pelo estado. O 3º Simpósio Manejo Sustentável de Pastagens em Rondônia (Simspro) segue até sexta-feira (30) com palestras proferidas por doutores e especialistas nas diversas áreas do segmento.

A primeira palestra foi realizada logo após a abertura. O pesquisador da Embrapa-RO, doutor em ciência animal e pastagens Pedro Gomes da Cruz, apresentou um cenário da pecuária bovina no estado de Rondônia. Segundo Dr. Pedro, Rondônia vive hoje a geração de exportação, é o 5º maior exportador de carne do país e abastece mercados como China, Egito e Rússia, entre outros.

Com aproximadamente 14 milhões de cabeças (Idaron/2017), o rebanho bovino rondoniense vem ganhando força. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que a região Norte foi “a região que mais aumentou a participação na composição do rebanho nacional, saindo de 14% para 22%”, alavancada por Rondônia e Pará.

No segundo dia as palestras já entraram no tema proposto: manejo de pastagem. A manhã foi iniciada com a palestra sobre crescimento da planta forrageira e os aspectos relativos ao acúmulo e valor nutritivo da forragem, ministrada pela doutora em zootecnia, na área de forragicultura e pastagens, e em produção animal na área da cadeia produtiva da carne e professora da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Jucilene Cavali.

O engenheiro agrônomo, Dr. Wagner Pires, especialista em pastagens pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) abordou o tema “Adubação nitrogenada e uso de fisioativadores em pastagens. Na sequência, a Dra. Andreza Pereira da Silva Cruz, engenheira agrônoma, especialista em manejo de pastagem e integração lavoura e pecuária floresta, falou da necessidade do planejamento do uso das áreas de pastagens em sistemas de produção à pasto.

Ciclo de palestras sobre técnicas de manejo de pastagem.

A manhã foi encerrada com caso de sucesso apresentado pelo produtor rural Lourival Caetano Rodrigues, de São Domingos do Guaporé, mais conhecido como goiano da melancia. Assistido pelo extensionista da Emater-RO, Geraldo Souza Ferreira Filho, seu Lourival iniciou sua atividade na região em 1999, com dez bezerras em uma área de mata.

Foi inserido no projeto inseminar, programa de incentivo à inseminação artificial do governo estadual, em 2012 e, com orientação técnica, saltou de uma produção de 180 litros de leite/dia para 360 litros de leite/dia. Seus animais, que produziam em média 6 litros/dia, passaram a produzir 9,47 litros/dia, mais de 50% de aumento. “Ele já chegou a produzir mil litros de leite/dia”, diz Wagner Borges de Oliveira, gerente do escritório local da Emater-RO em São Domingos do Guaporé. Hoje sua renda principal vem dos animais que comercializa, todos com registro na Associação Brasileira de Criadores Girolando.

O 3º Simspro continua no período da tarde com mais um caso de sucesso e a palestra “Perspectivas e desafios da irrigação de pastagens para bovinocultura de leite”, a ser proferida pelo engenheiro agrônomo, doutor em irrigação e drenagem Fernando Braz Tangerino Hernandez. As atividades seguem até sexta-feira (30), com mais palestras sobre tema.


Fonte
Texto: Wania Ressutti
Fotos: Wania Ressutti
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Capacitação, Evento, Rondônia


Compartilhe