Governo de Rondônia
Quinta, 19 de abril de 2018

TECNOLOGIA

Sistema e-Estado vai agilizar decisões governamentais em Rondônia

15 de abril de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

reunião sobre a implantação do sistema de gestão integrada  1504.2015 fotos de Ésio Mendes  (7)

Governador Confúcio Moura destaca a agilidade do sistema

O Projeto e-Estado, que vai integrar a gestão e administração governamental através de meios digitais, foi apresentado nesta quarta-feira (15) para um grupo de secretários e técnicos do governo de Rondônia. Segundo o diretor executivo de Tecnologia da Informação, Ronaldo Sawada, este modelo é o caminho para organização dos gastos e melhor utilização dos recursos humanos, entre outros benefícios.

O e-Estado tem origem no sistema e-Cidade, que faz sucesso na gestão de algumas das principais capitais brasileiras. Ele foi adaptado em Rondônia e é pioneiro no país para uma base tão ampla como o estado.

Os benefícios do projeto alcançarão as finanças, a educação, patrimônio, licitações, recursos humanos, servidores e cidadãos em geral. Para o governador Confúcio Moura, que assistiu a explanação, o estado precisa utilizar as vantagens que a tecnologia oferece, pois ainda funciona como no tempo do território federal.

Confúcio citou como exemplo um documento que precisava ser despachado para o prefeito Jesualdo Pires, do município de Ji-Paraná. Ali mesmo, enquanto falava, entregou o papel, que seguiu em mãos por um funcionário até dar entrada no órgão que trataria do assunto. Por meio digital, como será possível com o e-Estado, o despacho seria imediato e os efeitos agilizados.

O governador citou outro episódio que é emblemático da falta de agilidade do sistema atual. “É assim que as coisas ainda funcionam, mas precisamos avançar, podemos ser exemplo para o país”, acrescentou.

Ao apontar outras conquistas que virão com o e-Estado, o governador explicou que o mecanismo facilitará transparência para os órgãos de controle. “Vai chegar aos prontuários médicos, matrículas escolares, vai oferecer mais facilidade ao servidor. Vai possibilitar que ele seja reconhecido pelas conquistas obtidas na carreira.”

DIGITALIZAÇÃO

Ronaldo Sawada também explicou como funciona outra frente de avanço tecnológico que será oferecido pelo estado: o Gerenciamento Eletrônico de Dados (GED). Através deste meio será feita a migração dos documentos governamentais do ambiente material (os papéis) para o digital. Os benefícios, segundo ele, vão além do servidor público, atingindo também a população, pois com as informações digitalizados as consultas serão facilitadas.

O secretário de Planejamento, Orçamento, Planejamento e Gestão, George Braga, também elogiou o projeto. Ele disse que, quando estiver implantado, o e-Estado fará com que a administração seja marcada pelo grande feito, como acontece com os bons governos.


Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Brasil, Economia, Empresas, Governo, Inclusão Social, Infraestrutura, Municípios, Piscicultura, Rondônia, Serviço, Servidores, Tecnologia


Compartilhe


Twitter
Facebook
Youtube