Governo de Rondônia
Terça, 15 de junho de 2021

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Sítio arqueológico é identificado em Porto Velho

21 de setembro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Sítio Arqueológico

Cerâmica encontrada em sítio arqueológico

Um sítio arqueológico na região da Comunidade Nova Aliança, em Porto Velho, foi identificado por um morador local e confirmado por professores do curso de Arqueologia da Universidade Federal de Rondônia (Unir). Na área foram encontradas machadinhas indígenas, muitos fragmentos de cerâmicas e urnas funerárias com sepultamento humano.

Na semana passada, uma equipe com professores da Unir, representantes da comunidade, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan) e da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), com apoio do Exército Brasileiro, verificaram o local para averiguar como realizar a escavação, prevista para o próximo mês.

Durante a visita, arqueólogos verificaram a área e coletaram algumas peças que estão fora de contexto para análise e catalogação, onde é verificado o processo de fabricação, forma, material utilizado, decoração, uso, entre outras coisas. Já durante a escavação, além dos artefatos arqueológicos, também serão coletados materiais florísticos, como carvão para estimar a idade dos objetos.

De acordo com a professora da Unir Silvana Zuse, neste local pode ter havido mais de uma ocupação humana, “o que é muito comum ao longo do Rio Madeira”. Essa análise preliminar é possível devido a quantidade de materiais com características variadas. Ela também explica que a escavação será feita na parte de cima do barranco porque o material está melhor preservado.

Sítio arqueológico

Equipe identificou objetos arquológicos

As legislações Federal e Estadual preveem a proteção de sítios arqueológicos, devendo sempre ser feita a coleta e o resgate, principalmente quando esses locais estão ameaçados. “Trabalhos como esses são importantes porque colaboram na valorização e preservação do patrimônio arqueológico, ainda muito desconhecido em nossa região”, fala a diretora de Museu da Sejucel, Ednair Nascimento.

O superintendente da Sejucel, Rodnei Paes, conta que patrimônio histórico e pré-histórico tem sido uma das preocupações da Sejucel. “Ações como essas colaboram na preservação desses sítios e fortalecem ainda mais as parcerias com o Iphan, Unir e Exército, instituições fundamentais para o desenvolvimento do Estado de Rondônia”, conclui.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Amabile Casarin
Fotos: Amabile Casarin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Sociedade


Compartilhe