Governo de Rondônia
Terça, 02 de março de 2021

MUTIRÃO

Técnicos da Sedam e Emater iniciam cadastramento de 500 propriedades rurais em Machadinho do Oeste

08 de maio de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Uma equipe de 10 técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) e da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) iniciou nesta segunda-feira (8) um mutirão que segue até o próximo dia 19 para realizar o Cadastramento Ambiental Rural (CAR) no município de Machadinho do Oeste, considerado o de maior baixa de adesão ao cadastramento obrigatório no Estado de Rondônia.

Ameta do Governo, segundo Arquimedes Longo, é cadastrar 500 propriedades em Machadinho do Oeste

A meta do governo, segundo Arquimedes Longo, é cadastrar 500 propriedades em Machadinho do Oeste

Liderada pelo engenheiro agrícola Arquimedes Longo, coordenador de Monitoramento da Sedam, a equipe tem a meta de cadastrar 500 propriedades, e assim tirar o município da posição que o levou ao primeiro lugar na agenda marrom por apresentar os maiores índices de derrubada de floresta no estado.

O ponto central das atividades nestas duas semanas de trabalho em Machadinho do Oeste está nos assentamentos Tabajara e Machadinho, onde se prevê não só a realização do CAR, mas também de um trabalho de orientação sobre a importância de regularização das propriedades rurais, que se tornam assim habilitadas a pleitear o crédito e uma série de outros benefícios (incentivos) para todas as atividades de campo.

Segundo o coordenador da Sedam, esta é mais uma etapa do trabalho que vem sendo feito pelo governo de Rondônia, que tem a meta de cadastrar neste ano 120 mil imóveis rurais, cobrindo uma extensão territorial de pouco mais de 14,5 milhões de hectares. Até agora já foram cadastradas 94.322 propriedades, que representam 78,6% do total definido na meta. Para a consecução deste objetivo e por decisão do governador Confúcio Moura a secretaria foi equipada com uma superestrutura (sala) com 28 computadores com internet de alta velocidade, operados por 25 técnicos treinados especialmente para este trabalho.

Entusiasta do projeto ambiental de Rondônia, o engenheiro Arquimedes Longo acredita que num futuro próximo, e com os investimentos que estão sendo realizados, o Estado de Rondônia será capaz de mapear completamente seu território e apresentar relatórios com precisão e rapidez, contribuindo, assim, com destaque na região amazônica, com uma política concreta de preservação ambiental de resultado e de vida sustentável, que deverá servir de modelo para outros estados.

Rondônia é um dos estados da Amazônia mais avançados na execução do CAR, uma exigência estabelecida com o Código Florestal (Lei n° 12.651/2012). O Cadastro é composto por dados pessoais do proprietário, pessoa jurídica ou física; dados cadastrais e da localização georreferenciada das Áreas de Preservação Permanente (APP), áreas de Reserva Legal (ARL) e áreas de uso restrito (AUR); hidrografia e vegetação nativa, entre outras informações.

Leia Mais:
Estados da Amazônia Legal concordam em compartilhar base estrutural do Cadastro Ambiental Rural e sua análise
Sedam treina técnicos para cadastrar mais de 100 mil propriedades em Rondônia até o fim deste ano

 


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Secom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe