Governo de Rondônia
Quarta, 20 de novembro de 2019

CAFEICULTURA

Técnicos e empresários conhecem potencialidade do café produzido em Rondônia

04 de outubro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Um grupo técnico formado por 25 pessoas entre técnicos e empresários ligados ao setor cafeeiro de várias partes do país visitaram durante dois dias, propriedades referenciais da produção cafeeira de Rondônia. O grupo integra a Plataforma global do café que se reúne pelo menos três dias do ano para conhecer a evolução da cultura cafeeira no país e desta vez escolheu Rondônia para conhecer a produção e a qualidade do café robusta produzido na região amazônica. Os técnicos e empresários que integram o grupo participaram da etapa final do 4º Concurso de Qualidade e Produtividade do Café (Concafé) a ser realizado em Cacoal.

Oportunidade para novos conhecimentos e troca de experiências.

Acompanhado do secretário de Estado da Agricultura (Seagri), Evandro Cesar Padovani, e do diretor-presidente da Emater-RO, Luciano Brandão, o grupo visitou áreas referenciais e vencedoras de edições anteriores do Concafé, entre elas a do cafeicultor Ronaldo Bento, vencedor na categoria sustentabilidade e a de Sergio Kalk, na Linha 15B, vencedor na categoria produtividade e qualidade. O grupo também visitou a produção de café da comunidade indígena Suruís, que vem ganhando destaque com uma produção de excelente qualidade.

Segundo o secretário Padovani, da Seagri, o governo vem investindo na assistência técnica, realizada através das ações da Emater-RO no campo e essa visita é uma oportunidade para adquirir novos conhecimentos e trocar experiências para que essas técnicas possam chegar até o produtor rural.

Para Luciano Brandão, da Emater-RO, que mostrou aos visitantes os trabalhos desenvolvidos pela autarquia nas propriedades, esses encontros tornam-se marcos importantes para o estado, pois ajuda a colocar Rondônia positivamente no cenário nacional e internacional.

Tais afirmativas ganharam coro no depoimento dos visitantes que mostraram-se encantados e surpreendidos com o comprometimento dos produtores rurais na qualidade e produtividade da cultura cafeeira e com a potencialidade apresentada pelo estado, fazendo com que o técnico Bernardino Cangussu, da Emater-MG, arriscasse a previsão de que, “dentro de 10 a 15 anos Rondônia vai ser uma das maiores potências de café do Brasil”.

Leia mais:

Exército faz chamada pública de um milhão para compra diretamente de agricultores familiares

Comitiva do Governo conhece plantação de café premiado em concursos

Chega a hora de conhecer os melhores cafés de Rondônia; revelação dos vencedores será nesta quinta-feira, 3


Fonte
Texto: Wania Ressutti
Fotos: Emater-RO
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária


Compartilhe