Governo de Rondônia
Terça, 22 de junho de 2021

Titulação de terras e ampliação da produção de calcário vão fortalecer agricultura de RO —

03 de dezembro de 2013 | Governo do Estado de Rondônia

titu

O governador ressaltou que deverão ser entregues até o final de seu mandato 12 mil títulos definitivos de imóveis rurais, de um total de 60 mil. “Trata-se de um desafio inédito no País e que é motivo também da vinda da presidente Dilma Roussseff, no próximo dia 10, ocasião em que serão entregues, simbolicamente, cinco mil escrituras”, disse o governador, reforçando que com essa documentação a riqueza de Rondônia, que hoje tem PIB de R$ 27 bilhões, deverá dobrar em 10 anos.

Asfalto Bom

Questionado pelo locutor Ezequiel sobre o Programa Asfalto Bom, Confúcio citou que são 20 quilômetros em Machadinho do Oeste, dos quais 18 estão prontos. “Apenas Castanheiras não está recebendo, mas receberá  ano que vem”, prometeu, observando que muitos municípios  completaram 100% de asfalto, como Rio Crespo, São Felipe, Cabixi, enquanto os serviços ainda são realizados em Pimenta Bueno, Cacoal, Espigão do Oeste, Rolim de Moura e Porto Velho, esse último contemplado com 150 quilômetros. O governador citou que na Capital ainda há dois desafios, que são a Rua da Beira, cuja obra já foi concluída no lado direito; e a Estrada do Belmont, que dá acesso ao bairro Nacional, por onde passam centenas de carretas diariamente com combustível e outros produtos transportados via porto. “Na Estrada do Belmont fizemos uma mão, depois faremos a outra. São muito serviços de Cabixi a União Bandeirantes, distrito de Porto Velho”, afirmou.

Oferta de calcário

Confúcio falou também sobre a nova usina de calcário que deverá ser inaugurada até o início do próximo ano em Pimenta Bueno, contribuindo com a elevação da produção atual de 36 mil toneladas/ano para 400 mil e redução do preço para quem compra o produto hoje de Mato Grosso pelo fato de a usina atual não atender à demanda. “O calcário é importante para a correção do solo, mas custa entre R$ 100 a R$ 200 a tonelada comprada em Mato Grosso, enquanto aqui custa R$ 40”, explicou, lembrando que quando convidado para contribuir com projetos de desenvolvimento em Rondônia o professor Mangabeira Unger recomendou que o Estado deveria ser exemplo para o País adotando como primeira medida a correção das áreas degradadas. “Estamos investindo R$ 11 milhões na nova usina, onde há calcário para 100 anos”, informou, adiantando que já há recursos para outra a ser construída a partir de 2014, o que elevará para 800 toneladas/ano a produção no Estado.

Implementos agrícolas

A entrevista ainda contou com o deputado estadual, Neodi Carlos, que agradeceu ao governador pelos investimentos na região de Machadinho, citando o asfalto, instalação da Residência do DER, que está facilitando a recuperação de estradas; a construção da ponte sobre o rio Machadinho, que o governador fez questão de dizer que se trata da primeira ponte pré-moldada; e a liberação de emenda de R$ 1,2 milhão para a recuperação de estradas vicinais. Ele citou ainda a entrega de 10 tratores a produtores e revelou que mais uma emenda deve ser liberada pelo governador para mais 10 tratores que vão dar mais dinamismo às ações das  associações. Sobre o asfalto ele fez questão de falar sobre a melhoria da estrada de Cujubim, que mesmo em período chuvas garante a trafegabilidade.

Neodi também destacou o trabalho da Sedam com o CAR, importante ferramenta para o financiamento de projetos agrícolas, apontado pela secretária Nanci Rodrigues também como inibidor do desmatamento.

Distrito Industrial

Os investimentos no Distrito Industrial de Porto Velho, portos e a injeção de mais de R$ 700 milhões na economia estadual em menos de um mês com o pagamento de novembro, 13º e dezembro também foram mencionados pelo governador que se diz satisfeito com o resultado das ações em andamento e as que estão projetadas. “Sou suspeito a falar, mas as pessoas estão vendo”, ponderou.

Na próxima quarta-feira, (4), o governador Confúcio Moura participará de um projeto do Jornal O Estado de São Paulo que tratará sobre a região Norte, com destaque para Rondônia e demais estados da região, abordando os desafios para o desenvolvimento regional, perspectivas e oportunidades de negócios.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia


Compartilhe