Governo de Rondônia
Sexta, 05 de março de 2021

CORUJÃO DA SAÚDE

Unidades de saúde abrirão à noite para reduzir fila de espera para exames de diagnóstico por imagem

17 de abril de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

O governo de Rondônia vai ofertar 1.276 exames por imagem, todos de alta complexidade. Os procedimentos serão realizados pelo programa Corujão da Saúde, que começa nesta segunda-feira (17), a partir das 18h, com abertura simultânea de unidades no período da noite para realização de exames de diagnósticos por imagem. O programa segue até sexta-feira (21) nas cidades de Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena.

Exames vão agilizar o fechamento do diagnóstico de várias doenças

Exames vão agilizar o fechamento do diagnóstico de várias doenças

Serão realizados tomografia computadorizada, eletroencefalograma, ressonância magnética, infiltração e ultrassonografia – modalidade que visualiza estruturas superficiais, ginecológica e obstétrica, além de procedimentos intervencionistas (punções, biópsias e drenagens).

Segundo o secretário estadual de Saúde Williames Pimentel, o Corujão é uma ação que irá deflagrar a abertura noturna de agendamento para diminuir os exames em fila de espera. A iniciativa envolverá, neste primeiro momento, nove empresas de saúde no estado, onde o governo vai comprar os serviços e oferecer – por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) -, gratuitamente, para os pacientes.

Ainda segundo Pimentel, o objetivo deste programa é dar o diagnóstico do paciente em tempo hábil a fim de possibilitar o início do tratamento e a cura de forma eficaz e eficiente.

DEVER DO PACIENTE

O secretário explicou que o paciente que está com agendamento autorizado e garantido, é importante que em caso de ausência avise com antecedência ou então informe à Unidade Básica de Saúde (UBS) do não comparecimento para que possa ser chamado o próximo da fila de espera. “É importante avisar, pois temos orientação para tudo, menos para a ausência”, relatou.

Ele explicou que o dever do paciente é comparecer na data marcada, cumprindo o horário de agendamento, como também observar o preparo necessário para cada realização.

O índice de falta é recorrente no Estado de Rondônia, como em todo o Brasil. “Por isso queremos sensibilizar a não faltar ao exame marcado. Levar os documentos necessários, que são os documentos pessoais; e o pedido de exame expedido pelo médico”, orientou Pimentel.

Leia mais:
Rondônia tem números recordes em oferta e na melhoria do atendimento no setor de saúde em todo País
Hospital de Base tem por meta realizar neste ano 400 exames de endoscopia pulmonar pelo Sistema Único de Saúde


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Convênios, Governo, Inclusão Social, Saúde


Compartilhe