Governo de Rondônia
Terça, 13 de abril de 2021

Urbanização do Novo Espaço Alternativo começa dentro de 30 dias

02 de abril de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

4 - lazer e caminhadaAté o final deste mês de abril será concluído o serviço de drenagem no canteiro central da Avenida Jorge Teixeira, no trecho entre o Hospital de Base e o Aeroporto Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho, onde serão construídas as quadras poliesportivas, campos de futebol soçaite, pista de skate, quiosques, pista de caminhada, bancos, mesas, playgrounds, academias ao ar livre entre outros itens para práticas esportivas e do lazer. No local, o governo estadual constrói o Novo Espaço Alternativo, que também terá pista de ciclismo nas margens da avenida.

4 - drenagemO prazo [de 30 dias] para concluir a drenagem foi dado pela empresa responsável pela obra ao o Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER). Dentro de um mês a empresa encerrará a drenagem para começar a urbanização, instalando inicialmente os playgrounds, as academias de ginástica, a instalação dos bancos e a iluminação.

O governo do Estado tem atenção especial pela obra. Todos os detalhes do projeto, a exemplo de locais destinados a exercícios para a melhor idade e praças com bancos para descanso – são acompanhados pelo governador Confúcio Moura que visita, pelo menos duas vezes por semana, o local.

4 - espaçoMaria Leonor de Carvalho mora em Porto Velho há apenas 30 dias. Ela escolheu o Espaço Alternativo para suas caminhadas nos fins de tarde na companhia do neto Arthur, de 9 anos.  Maria Leonor diz que morava em Rio Branco (AC) e que fazia caminhadas no local conhecido como Canal da Maternidade. “Fiquei feliz quando soube dessa obra. Porto Velho merece ter um local adequado para práticas de esporte e lazer”, acrescentou.

Para Maria Helena N. Merlo, caminhar é uma prioridade. Ela afirma que não abre mão de praticar exercício. “Caminhar é cuidar da saúde. Que bom a cidade receber uma obra dessas”, comemora Maria Merlo.

Jovens

Os jovens Caio Duran, 13 anos; Hamom Nascimento, 14; e Matheus Gren, 14, disseram que não veem a hora da pista de skate ser construída. Eles reclamam da falta de opções para a prática do esporte. O trio relata que em toda a cidade há apenas uma rampa.
Matheus diz que tem uma galera na cidade que gosta de skate, mas não tem local para a prática do esporte.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nilson Nascimento - Assessoria DER
Fotos: Nilson Nascimento
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Lazer, Meio Ambiente, Obras, Rondônia


Compartilhe