Governo de Rondônia
Sábado, 19 de junho de 2021

TERAPIA INTENSIVA

UTI Pediátrica do Hospital Regional de Cacoal começa a funcionar na próxima terça-feira

07 de outubro de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

A partir da próxima terça-feira (13) entra em funcionamento a Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica do Hospital Regional de Cacoal (HRC). A princípio, a UTI funcionará com seis leitos, quantidade que deve ser ampliada para nove, conforme a necessidade.

Unidade de Terapia Intensiva do HRC vai evitar que pacientes sejam conduzidos a Porto Velho

Unidade de Terapia Intensiva do HRC vai evitar que pacientes sejam conduzidos a Porto Velho

A estrutura representa mais um avanço para a saúde do Estado de Rondônia. “Com a abertura destes novos leitos, vamos diminuir a quantidade de crianças que ficavam em emergências aguardando atendimento adequado e, também, das que antes precisavam ir a Porto Velho devido à falta de UTI no interior do estado”, disse a pediatra Caline Daisy da Silva Ojeda, responsável pela unidade.

De acordo com Caline, cirurgias que antes não podiam ser realizadas por falta de Unidade de Terapia Intensiva para o pós-operatório agora poderão ser feitas no próprio Hospital Regional de Cacoal. Além dos leitos da UTI Pediátrica, o HRC conta com 18 leitos de UTI Adulta.

A unidade hospitalar atende a crianças a partir dos 28 dias de vida até os 14 anos. Ainda segundo Caline, 90% das internações em UTI Pediátrica acontecem devido a doenças respiratórias, como pneumonias e bronquiolites. Em Cacoal, por mês, uma média de 10 crianças necessitam de UTI, mas boa parte delas precisa de internação devido a politraumas provenientes de acidentes de trânsito.

PROFISSIONAIS

Conforme explicou a coordenadora de Enfermagem, Eldya Flávia Ramos, através da contrapartida da instituição de ensino superior Facimed, por meio de um convênio acadêmico, a UTI Pediátrica do Hospital Regional de Cacoal contará com 15 técnicos em enfermagem e cinco enfermeiros.

Além disso, a unidade intensiva contará diariamente com um médico plantonista, um médico visitador, um fisioterapeuta, um nutricionista e equipes dos serviços social, de psicologia e de fonoaudiologia.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Giliane Perin
Fotos: Giliane Perin
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Sociedade


Compartilhe