Governo de Rondônia
Sábado, 15 de maio de 2021

Vigilância em saúde do trabalhador é tema de curso

30 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

4 - flora 1Promovido Pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau/RO) por intermédio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest/RO), foi concluído nesta sexta-feira (30), o curso de Vigilância Básica em Saúde do Trabalhador, que contou com a participação de multiplicadores da regional de João Pessoa na Paraíba.

Iniciado na segunda-feira (26), o curso reuniu 35 profissionais da vigilância em saúde e sindicatos. “Queremos promover a prevenção da saúde dos trabalhadores nos diversos processos produtivos, trazendo como foco central o olhar para organização do trabalho e suas implicações na saúde dos trabalhadores”, explica Kleber José da Silva, multiplicador da Fiocruz e coordenador do Cerest regional de João Pessoa na Paraíba.

4 - cerest 1Durante o curso foram feitas três inspeções de vigilância em saúde com o objetivo de identificar os riscos e cargas e suas implicações no processo de adoecimento do trabalhador. “Propomos ações corretivas para controlar e eliminar os riscos existentes no ambiente laboral”, esclarece Giselle Azevedo, psicóloga com formação em Segurança do Trabalho que atua no Cerest Estadual da Paraíba e multiplicadora do curso de Vigilância em Saúde do Trabalhador pela Fiocruz.

4 - floraPara a gerente do Cerest Rondônia, Ana Flora Camargo Gerhardt, a importância do evento é articular com toda a rede envolvendo setores públicos, sindicatos e demais agentes como regionais de saúde (GRS), vigilância sanitária estadual e municipal e vigilância epidemiológica de Porto Velho.

“Desde maio ocorrem conferências macrorregionais em Saúde do Trabalhador em Rolim de Moura, Vilhena, Ji-Paraná e Cacoal. Esta semana será realizada a macro conferência em Ariquemes e nos dias 25, 26 e 27 de junho acontecerá a conferência estadual em Porto Velho”,  informa a gerente.

De acordo com o presidente da Central Única dos trabalhadores em Rondônia (CUT/RO), Itamar Ferreira, as ações permitem uma visão mais ampla para que em parceria possamos atuar em defesa do trabalhador. “Com dois palestrantes de fora, receber estas experiências de outros Estados com estratégias de ações são importantes, pois nos auxiliam no apoio as entidades sindicais e na luta em defesa dos direitos dos trabalhadores. É uma ótima iniciativa do governo e não basta apenas criticar é preciso participar”, afirma o sindicalista.

“Recebemos muito material técnico e aulas com profissionais experientes que aprofundaram o conhecimento acerca das normas regulamentadoras, esse conhecimento permite em campo a fácil identificação das não conformidades no ambiente de trabalho”, conta Márcio Guimarães da 3ª Regional de Saúde do Estado que compreende os municípios de Pimenteiras, Cabixi, Chupinguaia, Cerejeiras, Colorado e Vilhena.

Representando o sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado de Rondônia (Sinttrar), Lindomar Barroso conta a luta de seu sindicato na defesa dos trabalhadores de sua categoria e a importância da aquisição deste conhecimento. “É comum em nossa área os riscos envolvendo o adoecimento por Lesões por Esforços Repetitivos (LER) devido à natureza do trabalho”. Para Lindomar as péssimas condições das BR’s, o tempo parado em uma mesma posição e não apenas os motoristas, mas o trabalhadores das bases de apoio como carregadores, transportadores, operadores internos e a obrigatoriedade na utilização do Equipamento de Proteção individual (EPI) são pontos que sempre devem ser observados se as empresas cumprem.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Romeu Noé
Fotos: Marcos Freire
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Cursos, Governo, Saúde, Servidores


Compartilhe