Governo de Rondônia
Terça, 17 de setembro de 2019

ESPORTE ESCOLAR

Voluntários dizem que atuação no Joer reforça na prática o aprendizado adquirido em sala de aula

21 de agosto de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

As voluntárias Camila e Nayara

As acadêmicas de fisioterapia Nayara Kelly Andrade e Camila Morais são integrantes da equipe formada por 60 voluntários que atua na etapa estadual Infantil (12 a 14 anos) dos Jogos Escolares de Rondônia (Joer), evento esportivo que acontece em 15 modalidades até o próximo sábado, dia 26, em Ji-Paraná. Elas compartilham da experiência e recomendam a participação de mais estudantes na função.

Universitária do 7º período, Nayara participa pela segunda vez dos Jogos Escolares. Em 2016 ela atuou na etapa estadual Paralímpica Escolar ocorrida em Ji-Paraná. A satisfação do aprendizado a motivou a repetir o serviço e conhecer mais sobre as intercorrências comuns no esporte. “Como voluntária, estou tendo mais uma oportunidade de colocar em prática o aprendizado literário. É uma experiência incrível. O acadêmico que tiver chance como essa não deve desperdiçar”, disse Andrade, ao fazer um comparativo entre as experiências adquiridas nos esportes paralímpicos e olímpicos.

Para Camila Morais, a prestação do serviço voluntário em eventos esportivos grandes como o Joer serve como laboratório, pois o acadêmico acompanha de perto todas as provas e partidas. “No xadrez, por exemplo, atendi intercorrência simples, uma aferição de pressão apenas. Já o ciclismo é um esporte que requer mais atenção da gente pelo nível de exigência do esforço físico do atleta”, avalia Camila Morais, ressaltando que participação no Joer é válida e recomendada.

“Os atendimentos que fazemos aos atletas são importantes para nossa formação. Somos assistidas por profissional da área que nos orienta como proceder em uma reabilitação direta ao desportista machucado durante a competição”, disse Camila Morais, do 6º período de fisioterapia.

Além da fisioterapia, o Joer conta com voluntários dos cursos de educação física, enfermagem e técnico de enfermagem, mais dez servidores municipais em funções auxiliares no Centro de Convivência. A parceria entre as instituições de ensino e a prefeitura de Ji-Paraná faz parte da política do governo estadual implantada em 2012 quando da reformulação dos Jogos Escolares.

“O serviço voluntariado é uma contribuição do Joer na formação dos estudantes de várias áreas. O acadêmico é assistido nas funções e ao final dos jogos recebe certificado de participação que vale contagem de horas na universidade”, assinalou o fisioterapeuta Fabrício Teixeira, um dos coordenadores dos voluntários. O Joer é organizado e realizado pela Gerência de Educação Física, Esporte e Cultura Escolar (Gefece), da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Leia mais:
 Classificados nas modalidades individuais em Ji-Paraná estão otimistas para os jogos nacionais em setembro
 Modalidades individuais abrem fase Infantil dos Jogos Escolares de Rondônia em Ji-Paraná
Fase Infantil dos Jogos Escolares de Rondônia é aberta com proposta de integração e revelação de novos talentos em Ji-Paraná


Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Convênios, Educação, Esporte, Evento, Governo, Municípios, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe