Governo de Rondônia
Terça, 19 de novembro de 2019

PLANEJAMENTO

Workshop de Arranjos Produtivos Locais é realizado em Ji-Paraná com foco no fortalecimento de cadeia produtiva

17 de setembro de 2019 | Governo do Estado de Rondônia

Setor Produtivo é discutido em whorkshop de Arranjo Produtivo Local, em Ji-Paraná

Durante toda a terça-feira (17), técnicos do governo estadual se juntaram a representantes de órgãos públicos, instituições de ensino pública e privada, mais cooperativas e sindicatos rurais na participação do workshop de Arranjos Produtivos Locais (APL), no auditório da Coordenadoria Regional de Educação de Ji-Paraná. O encontro serviu para mapear as vocações produtivas da região.

“É a proposta do governo estadual fortalecer os setores produtivos alavancando a economia. O evento vem mostrar as diretrizes de como seguir a diante”, explicou o secretário regional de governo, Everton Esteves, um dos organizadores do encontro que tem a Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) à frente do estudo.

Atualmente Rondônia conta com 13 APLs reconhecidos depois da criação da política oficial por meio de decreto estadual de 2008. A realização de novos worshop pelo interior sugere que novos arranjos produtivos locais sejam reconhecidos até o ano de 2020.

O secretário de Agricultura de Ji-Paraná, Reinaldo Pereira de Andrade, participou do evento e avalia a proposta do governo estadual um mecanismo que vai contribuir no desenvolvimento das cidades. “Essas discussões seguidas de planejamentos são essenciais para nortear o desenvolvimento e fomento ao pequeno agricultor”, disse.

Para o gerente regional da Empesa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Antônio de Assis Furtado, o workshop é um sinalizador de que o governo está organizando mais bem o futuro do Estado. “Quando se discute qualquer cadeia produtiva e alinhe mecanismo para o sucesso do segmento é fundamental para todos. Exemplo disso é a produção leiteira. O produtor rural precisa se guiar por políticas públicas que eleve seu crescimento”, explica o Furtado.

A região Central de Rondônia tem na produção leiteira um dos principais fatores econômicos. “A produtividade vem crescendo paulatinamente graças aos incentivos governamentais”, diz o gerente da Emater, acrescentando que o APL se torne o centro do debate do desenvolvimento econômico.

Leia mais:

 Emprego cresceu 50% em agosto em Ji-Paraná; Falta de qualificação é o maior impedimento para novas colocações


Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Paulo Sérgio e Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Economia, Evento, Governo, Municípios, Rondônia, Tecnologia


Compartilhe